radiestesia qual pêndulo usar

Radiestesia – Como escolher seu pêndulo

Questões que intrigam quem está começando na radiestesia, e não raro até mesmo quem jé possui algumas experiência:

  • Qual o melhor pêndulo de uso geral?
  • Que pêndulo utilizar para o trabalho cotidiano?
  • O que devo priorizar na hora de comprar um pêndulo?

Entre outras.

Neste vídeo falo um pouco de cada um destes pontos, mostro como seleciono os pêndulos que utilizarei durante meus trabalhos e dou dicas de como escolher pêndulos de radiestesia para sua coleção.

O vídeo é dividido em duas partes, na primeira me concentro em mostrar diversos modelos, seus pontos fortes e em que trabalhos eles são mais requisitados.

Na segunda parte me concentro nas dicas para compra.

Qual pêndulo que uso nos meus trabalhos?

A escolha depende, fundamentalmente, do tipo de atividade que vou exercer. Se o trabalho em questão é realizado sobre mapas, ou gráficos pequenos em que é importante ver com precisão o ponto em que ele dará resposta acabo optando por modelos pequenos, com pontas pronunciadas, já se é trabalho de campo opto por modelos mais pesados, que não sofrerão ação do vento.

Este é um exemplo, no vídeo mostro outros pontos que devemos ter em mente no momento da escolha.

Como comprar?

Procure bons fornecedores, observe o pêndulo, como ele gira, veja os balanços.

Faça os testes que mostro no vídeo para ver se o fio está no centro e para ver a distribuição de peso, estes testes possibilitam detectar se o centro de gravidade foi bem calculado.

Não se apegue apenas ao preço, lembre-se que são instrumentos que o acompanharão por muitos anos, então compre algo que você realmente se identifique.

Faltou no vídeo

Um pêndulo pode parece muito bacana mas não ser do seu agrado pessoal, leve isto em conta também.

O gosto pessoal também tem sua importância. Eu particularmente sempre gosto de pêndulos mais pesados, não gosto de pêndulos muito leves, e portanto quase não uso estes modelos muito pequenos ou leves.

Espero que estas dicas ajudem você a selecionar seus instrumentos de trabalho.

About The Author

Sérgio Nogueira

Presidente da Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica (ABRAD). Possui formação ainda nas áreas de acupuntura, reiki, hipnose, magnetismo e outras, que utiliza de forma sinérgica em seu trabalho. Atualmente se dedica a atendimentos na área de radiestesia empresarial, auxiliando profissionais e empresas a atingirem seus objetivos.

Comente este artigo