Radiônica e o controle vibracional de pragas 1

Radiônica e o controle vibracional de pragas

Radiônica e o controle vibracional de pragas 2O Manuel Valle é uma dessas pessoas discretas, que desenvolveu, ao longo do tempo, um excelente trabalho em Radiônica do qual pouco comenta. Cliente e amigo com quem temos o prazer de manter contato constantemente e que trabalha na cidade de Porto (Portugal), para conhecer seu site clique aqui.

Uma das coisas que gosto no Manuel é que ele é bem organizado, e geralmente anota o que faz, de forma que seus relatos possuem um alto nível de informações quando comparado à outros, como no caso que veremos, que para uma melhor compreensão terá seu conteúdo dividido em duas partes. Nesta primeira contaremos o caso, e na próxima (que já está sendo escrita) abordaremos com maiores detalhes as técnicas utilizadas para a solução do problema com o qual o operador em questão teve que lidar.

radionica para controle de toupeuiras

Buracos de Toupeiras

Em Dezembro de 2011 ele havia nos consultado sobre o uso da Radiônica para o controle de pragas, toupeiras neste caso, em um terreno utilizado para cultura biológica.

Trocamos algumas mensagens a respeito e depois esqueci completamente do assunto. No entanto, em Março deste ano ele enviou uma mensagem dizendo que os resultados iniciais eram muito animadores, porém, com a prudência que lhe é característica, ele ainda achava cedo para comemorar.

Recentemente, ele gentilmente nos relatou os seus progressos nesta experiência (confesso que sou muito curioso quanto ao resultados obtidos por clientes e alunos). Resolvi publicar o conteúdo de sua mensagem por se tratar de um exemplo claro do que é possível realizar em Radiônica quando a pessoa conjuga intuição, método e conhecimento. O instrumento utilizado foi a Órion II, de nossa fabricação. Segue abaixo seu relato:

Radiônica e o controle vibracional de pragas 3

“A experiência mais espetacular, reside na “expulsão” de toupeiras num campo de cultivo de batata. O engenheiro agrícola que me assiste, Sr. Henrique Bastos, fez à pouco uma conferência no Algarve onde transmitiu os resultados desta experiência, para espanto de todos.

QUINTA SAGRADA FAMÍLIA

Santa Cristina – Santo Tirso

No dia 23 de Fevereiro de 2012 foi iniciada a primeira experiência feita em Portugal para a erradicação de toupeiras num terreno destinada ao cultivo da batata.

O terreno em causa tem uma dimensão aproximada de 600 m² e encontra-se integrado num espaço circundante com cerca de 1 hectare, com diversas plantações biológicas.

Começamos por avaliar radiônicamente a qualidade do terreno, chegando à seguinte conclusão:

  • Existência de toupeiras —————- 40%
  • Deficiência em Ferro ——————- 80%
  • Deficiência em Manganês ———— 70%
  • Deficiência em Nitrogénio ———— 70%
  • Deficiência em Boro ——————– 10%
  • Vitalidade do terreno ——————- 50%
  • Valor de Ph ——————————- normal

(estes valores radiônicos foram confrontados com análises químicas efetuadas anteriormente e os dados correspondiam).

No dia 25 de Fevereiro foram iniciados as emissões radiônicas para corrigir as deficiências encontradas e no dia 5 de Março, todos os valores estavam normais¹ e as toupeiras estavam afastadas e a cerca de 9 metros abaixo da superfície.

No dia 7 de março, foi executada a sementeira.

Num exame posterior (13 de Março) as toupeiras continuaram a mais de 9 metros de profundidade, em todo o terreno tratado, mas detectaram-se toupeiras nos terrenos imediatamente adjacentes, a cerca de 80 cm da superfície.

Até este momento, a situação mantém-se inalterada.

Manuel Valle, 24/05/2012

 

Agora vejamos alguns detalhes sobre o trabalho de emissão:

Preparação do tratamento

O Manuel Valle começou, de acordo com o que nos escreveu em seu e-mail, pesquisando na máquina radiônica Órion II a regulagem mais indicada para afastar os animais do local de pesquisa, para isto ele utilizou pêlos de uma toupeira encontrados no terreno como amostra e chegou ao índice 35925318.

Ainda de acordo com a pesquisa, ricinus officialis, um óleo que normalmente é utilizado para afastar as toupeiras, deveria ser adicionado ao processo.

Para as análises de solo foram utilizadas amostras de terra coletadas diretamente do lugar, e com base nos resultados outros índices foram acrescentados (já mencionados no artigo anterior) para o reequilíbrio mineral, embora estes aparentemente não tenham relação direta com o problema, sua intenção, pelo que entendi, era favorecer um melhor plantio.

Preparação do local

antena de recepção radiônica

antena de recepção radiônica

Na área determinada para a a experiência foram inseridas 3 “antenas” distanciadas entre si em 10 mts, com cristais de quartzo programados radiônicamente, uma forma de reforçar o processo de informação baseada em uma técnica experimentada por nós a alguns anos, com ótimos resultados e cujo desenvolvimento culminou com a criação dos CDRs (Cartões de Dados Radiônicos), que utilizamos em nosso trabalho cotidiano.

É provável que antenas não fossem absolutamente necessárias ao caso, mas seu uso traz vantagens neste tipo de trabalho, principalmente se os pontos de inserção das varas é pesquisado com a radiestesia. Uma outra possibilidade seria a programação de seixos através da mesma técnica, ou diamantes Herkimer, os meus preferidos.

Abaixo podemos ver os cristais que foram utilizados, cada um contendo uma informação diferente.

cristais radiônicos

Cristais programados

Início das emissões: 25/02/2012

Testemunho: amostras de terra do local.

Informações vibracionais:

  • Afastamento de toupeiras
  • Vitalidade do solo
  • Ricinus officialis
  • Índices para reequilíbrio mineral do solo

Período: diário

As diversas informações vibracionais acima foram emitidas por uma hora ao dia.

Resultados iniciais: Quatro dias após o início do trabalho o número de toupeiras presentes no terreno começou a diminuir.

A partir de 13/03/2012 elas desapareceram do local demarcado, estando ainda presentes nas imediações em volta da área circundada. Neste ponto o trabalho passou a ser executado uma vez por semana.

As emissões cessaram totalmente no início de Junho, porém os resultados permanecem até este momento de acordo com nosso amigo.

Algumas palavras

maquina radionica orionO que nos motivou a detalhar o processo empregado foi perceber que alguns operadores de Radiônica tem dificuldades com estudos de caso, optando muitas vezes por regular seus aparelhos com base nos índices prontos que constam em alguma lista, sem maiores considerações. Embora este método proporcione bons resultados com frequência ele nem sempre é o ideal, sendo que pequenos ajustes pode fazer muita diferença.

No caso que estamos divulgando, além do índice principal relacionado ao problema, o operador adicionou informações suplementares (Óleo de rícino e vitalidade do solo), e procurou a melhor forma de realizar o trabalho (cristais programados e estacas), de forma a reforçar o trabalho em torno deste índice central. O mesmo deveria ser feito de forma sistemática em outras áreas de atuação da Radiônica, sendo interessante pesquisar se um determinado corretor (cor, floral, homeopático) deve ser usado como informação adicional em um tratamento vibracional, aliás, em muitos casos o índice relacionado ao problema em si é apenas secundário em relação a outros, e trabalhar somente os primeiros gera resultados absolutamente insatisfatórios.

No próximo post descreveremos em detalhes a metodologia empregada no processo de tratamento radiônico, que nos auxiliará a entendermos melhor não só como a Radiônica atua, mas também como devemos elaborar processos de tratamento com base nas várias ferramentas que a técnica oferece.

Manuel Maria Valgode Lopes Valle

radiestesista

Arquiteto, escritor, fotógrafo de Arte, Radiestesista e Radiocionista.

Formado em Arquitetura, viajou e várias partes do mundo, fotografando para Agências internacionais, revistas, editores, com bolsa de estudo da Fundação Calouste Gulbenkian.

Fundador, com a sua mulher, Maria Lucília Boullosa Lopes Valle, decoradora e pintora, da primeira revista de Ourivesaria e Joalharia, em Portugal (revista Quilate), escritor e editor de vários livros culturais (“O Ouro Popular Português”- esgotado, “Filigrana Portuguesa”- esgotado, roteiros culturais sobre a cidade do Porto – mais de 15, livros sobre assuntos esotéricos (“as pirâmides”, “a botânica mágica”, “a Magia”, etc.).

Viveu no Brasil, em Cabo verde, na Ilha da Madeira e na Guiné, procurando absorver em cada um dos países a sua cultura e sobretudo as suas tradições e esoterismo natural.

Durante muitos anos praticou a Astrologia, tendo absorvido várias tendências em Paris e Londres, mas foi na Radiestesia e Radiônica que encontrou os elementos que considera mais válidos para ajudar os que necessitam de ajuda. É membro da Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica (ABRAD)

Endereço Web:

www.wix.com/manuelvalgode/radiestesia

Notas:

1-Observar que a Radiônica não coloca ou tira minerais de um lugar, apenas cria um novo padrão de informações que permite a restruturação local.

2- Índices são as diversas regulagens responsáveis pela programação vibracional do instrumento

About The Author

Sérgio Nogueira

Presidente da Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica (ABRAD). Possui formação ainda nas áreas de acupuntura, reiki, hipnose, magnetismo e outras, que utiliza de forma sinérgica em seu trabalho. Atualmente se dedica a atendimentos na área de radiestesia empresarial, auxiliando profissionais e empresas a atingirem seus objetivos.

Comente este artigo