acupuntura

Radiônica e Acupuntura

acupuntura distancia via radionica

Introdução

A Radiônica é uma técnica que vem sendo utilizada em tratamentos de pessoas, animais e ambientes de forma igualmente satisfatória. Mas a faceta desta arte que mais me encanta é sua elasticidade de uso, não só é possível tratar pessoas, mas o trabalho em si pode ser realizado de várias formas, e neste ponto ela se diferencia de quase todas as outras disciplinas existentes.

Vamos imaginar que uma pessoa ingresse no mundo da Radiônica, ela tem várias opções de uso de um aparelho e poderá selecionar aquela que julgue mais adequada e que melhor se enquadre na sua própria formação. Assim, a maioria utilizará os ajustes de desequilíbrios e de balanceamentos em seu trabalho, mas uma pessoa com conhecimentos técnicos em homeopatia provavelmente desejará introduzir este elemento em seus atendimentos; felizmente a Radiônica possibilita a inserção de informações vibracionais contidas nos diversos componentes homeopáticos de forma segura e prática, bastando, durante o tratamento, selecionar a regulagem correspondente ao corretor¹ necessário e ajustar a dinamização desejada, a técnica possibilita ainda a simulação de componentes homeopáticos simples ou complexos com igual rapidez, escrevi um post a respeito que pode ser visto clicando em Radiônica e a criação de “remédios” vibracionais.

Da mesma forma, terapeutas florais, cromoterapeutas, quiropatas, profissionais em ortomolecular e acupunturistas encontrarão, na Radiônica, formas complementares e práticas de tratarem seus clientes a partir de sua própria abordagem profissional e de seus próprios paradigmas.

Aliás, é sobre o uso desta última técnica (Acupuntura), em conjunto com a Radiônica, que falaremos no presente post.

Acupuntura X Radiônica

Em princípio as duas disciplinas possuem alguns paralelos bastante interessantes, para não nos estendermos, discutiremos aquela que nos parece a mais evidente.

Terapias de informação

radionica fisica quânticaMuitos nunca perceberam, mas técnicas holísticas como a radiônica, acupuntura e algumas outras, embora mudem as características vibracionais dos seres vivos de forma global, não tem como base transferir energia para a pessoa, tanto as agulhas de acupuntura quanto as regulagens de um aparelho radiônico tem como função criar um novo padrão de informação vibratória, uma forma de codificação que inicie o processo de mudança. As agulhas não tem em si um poder miraculoso de atrair energia do exterior em larga escala, na verdade, de acordo com a técnica de inserção utilizada, ela terá a função de criar mudanças na circulação do Chi², seja atraindo para aquele ponto de inserção o Chi de outras partes da rede de meridianos³, ou dispersando o acúmulo energético de um ponto preciso. Em Radiônica ocorre o mesmo processo, alteramos informações presentes no campo vibracional.

Naturalmente alguns objetarão que em cursos sobre tais temas os professores ensinam que as espirais das agulhas servem como antenas receptoras, bem como as antenas existentes nos aparelhos, por isto escrevemos anteriormente “as agulhas não tem em si um poder miraculoso de atrair energia do exterior em larga escala“, ou seja, aquilo que é captado do externo pelas agulhas e antenas de instrumentos, quantitativamente falando, é de ordem muito pequena,apenas o mínimo necessário para dar um start no processo, esta energia, isolada, não possui o potencial de criar mudanças.

Neste aspecto estas artes se diferenciam de técnicas como o Reiki, massagens ou cura prânica, onde em maior ou menor grau existe uma transferência de energia de um elemento a outro.

Podemos notar que se diferenciam também de disciplinas como fitoterapia, ortomoleculares, florais e outras em que a pessoa ingere algo físico, quer estes contenham ou não princípios ativos. Enfim, radiônica e acupuntura trabalham com base em informações vibracionais, e no caso da acupuntura as diversas teorias que tentam explicá-la em termos físicos tem suscitado mais perguntas do que respostas.

orion II máquina radiônica

As vantagens do uso da radiônica em conjunto com a acupuntura

  1. Permite o exame direto a qualquer elemento que se queira testar, desde a condição do Chi em suas várias manifestações (Yuan Chi, Gu Chi, Chi ancestral etc.), meridianos, pontos, órgãos e vísceras e outros, de forma simples e com dados numéricos. Não que os exames próprios de acupuntura não permitam isto, mas o domínio de algumas delas, tais como a pulsologia, requer anos de prática para um completo domínio, enquanto que a radiônica torna tudo mais fácil.
  2. Possibilita ao acupunturista  / radionicista  a avaliação e tratamento a distância a partir de amostras do paciente, de forma isolada ou preferencialmente intercalada com sessões pessoais, resultando na diminuição do tempo de tratamento.
  3. Torna o acesso a qualquer ponto de acupuntura igualmente simples, sendo possível utilizar aqueles da parte posterior e anterior ao mesmo tempo, bem como pontos em localizações anatômicas que causem constrangimentos ao paciente (como os que se situam vizinhos a órgãos genitais e glúteos)
  4. O uso de aparelhos com cartões CDR possibilita que tratamentos completos sejam gravados e utilizados em sessões subsequentes, sem a necessidade de se regular novamente o instrumento para cada paciente.
  5. É uma ótima substituta nos vários casos de fobia relacionada a inserção de agulhas.

No próximo post discutiremos como é feito, na prática, a acupuntura via radiônica a partir dos aparelhos Base 10, tais como a Órion II.

1- Corretores: Qualquer elemento que pode ser usado no trabalho prático de Radiestesia ou Radiônicapara o tratamento de um ser ou local. Ente os corretores mais usados temos os Florais de Bach, remédios homeopáticos, cristais e cores.

2- Chi: Termo Chinês para energia, o Chi possui várias fontes e manifestações, sendo captado do ar, alimentos e outras fontes.

3- Meridianos: Canais existentes no campo vibracional por onde o Chi circula.

About The Author

Sérgio Nogueira

Presidente da Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica (ABRAD). Possui formação ainda nas áreas de acupuntura, reiki, hipnose, magnetismo e outras, que utiliza de forma sinérgica em seu trabalho. Atualmente se dedica a atendimentos na área de radiestesia empresarial, auxiliando profissionais e empresas a atingirem seus objetivos.

Comente este artigo