A Radiônica e suas máquinas

Neste artigo mostramos um pouco do desenvolvimento da Radiônica através dos anos, nos concentraremos aqui nas máquinas radiônicas históricas, sendo elas ainda desconhecidas de grande parte do público brasileiro.

Máquinas radiônicas do Dr. Abrams

Reflexofono e Osciloclast

Naturalmente começaremos pelos aparelhos do Dr.Abrams, criador da Radiônica que empregou sua vida na tarefa de divulgar a todos um sistema barato e eficaz de cura.

O aparelho mostrado na foto abaixo foi o que ele mais utilizou em seus tratamentos.

máquina radiônica abrams

Aparelho do Dr. Abrams

Com este aparelho bastante simples o Dr. Abrams efetuou muitos tratamentos e obteve sucessos repetidos. Neste primeiro período da Radiônica as pessoas eram ainda ligadas aos aparelhos, geralmente ne parte superior e inferior do corpo para gerar a circulação de energia, como podemos ver na imagem abaixo:

Esquema aparelho radiônico Abrams

Tratamento de Radiônica

Uma vez ligada ao aparelho, o processo de avaliação era feito através dos sinais captados no abdome  do paciente, a técnica consistia em percutir áreas distintas e observar os sons que eram produzidos, cada região tinha relação com uma parte do organismo, podendo ser comparada com a reflexologia chinesa.

Prática de Radiônica pelo Dr. Abrams

Consulta com Radiônica

Uma outra imagem que chegou até nós foi de um outro aparelho de Abrams, o Reflexofono, um desenvolvimento do osciloclast.

Dois aparelhos radiônicos antigos

Reflexofono e Osciloclast

Máquinas radiônicas da Dra. Ruth Drown

Analisador e Câmera radiônica

Depois dos aparelhos do Dr. Abrams, aqueles que se tornaram mais conhecidos foram os idealizados pela quiroprática americana Dra. Ruth Drown, que a partir daqueles criados pelo Dr. Abrams, desenvolveu sua próprias máquinas e trouxe algumas inovações.

Um de seus curiosos aparelhos permitia a avaliação à partir da resistência elétrica do paciente, que segurava em suas mãos eletrodos enquanto Ruth Drown efetuava os testes, este mesmo aparelho foi aberto durante seu julgamento como parte da estratégia da promotoria para incriminá-la. O esquema simplificado do instrumento pode ser visto abaixo:

esquema máquina radiônica Ruth Drown

Máquina radiônica para análises de Ruth Drown

Mas sem dúvida, o aparelho mais famoso de Ruth Drown foi sua famosa câmera, capaz de fazer fotos à partir de uma gota de sangue que eram utilizadas no processo de diagnóstico. Selecionamos abaixo algumas fotos deste aparelho:

Aparelho radiônico Ruth Drown

Camêra radiônica da Dra. Ruth Drown

Camêra radiônica Drown de frente

Camêra Drown de frente

camara ruth drown

Parte interna

Aparelhos radiônicos De La Warr

Base 10 e Mark I (câmera)

De La Warr prestou contribuições incalculáveis à Radiônica, e um de seus legados mais duradouros com certeza é a chamada Base 10, um método de construção de aparelhos radiônicos que ainda hoje é bastante utilizado, sendo curioso que mesmo os aparelhos mais modernos procurem manter compatibilidade com o o sistema, como exemplos cito a Se-5 e os aparelhos que fabricamos.

Atualmente pode-se encontrar estas versões mais simples para venda, opcionalmente encontramos também instrumentos mais elaborados que utilizam o padrão mas que possuem  diversos recursos não existentes nos antigos.

Diversos aparelhos De La Warr usavam a Base 10, abaixo podemos observar um dos mais rudimentares, composto basicamente de 9 ou 12 diais ligados em série ou paralelo, embora fosse uma revolução para a época este modelo foi superado por outros que veremos abaixo.

Aparelho radiônico Base 10 De La Warr antigo

Base 10 antigo

E uma versão mais elaborada do próprio De La Warr, já contendo algumas modificações importantes.

Aparelho radiônico De La warr

Versão melhorada

E abaixo uma das versões mais completas que De La Warr fabricou

Máquina radiônica De La Warr

Outra versão

[button color=”orange” size=”large” link=”https://radiestesia.net/uncategorized/a-radionica-e-suas-maquinas-parte-ii” target=””]Clique aqui para ver a continuação[/button]

About The Author

Sérgio Nogueira

Presidente da Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica (ABRAD). Possui formação ainda nas áreas de acupuntura, reiki, hipnose, magnetismo e outras, que utiliza de forma sinérgica em seu trabalho. Atualmente se dedica a atendimentos na área de radiestesia empresarial, auxiliando profissionais e empresas a atingirem seus objetivos.

Comente este artigo