Pêndulo

radiestesia pêndulo

O primeiro instrumento é o famoso pêndulo, uma massa suspensa por um fio, o pêndulo certamente é o instrumento mais usado na radiestesia atualmente devido a sua maior divulgação, às vantagens do seu uso e o baixo custo para sua obtenção.

Existem diversos modelos de pêndulos com diferentes formatos, na maioria das vezes estas diferenças não indicam que o pêndulo seja melhor que os mais simples embora existam alguns modelos mais próprios para determinados trabalhos.

Como existe uma farta literatura mostrando formas de construir seu próprio pêndulo é comum pensarmos que qualquer objeto amarrado a um fio servirá, este raciocínio em partes está correto, já que permite o estudo inicial, mas para melhores resultados é importante prestar ao formato (que deve ser uniforme), e também a precisão do fio (quanto mais no centro melhor). Enfim, o melhor é adquirir o instrumento de um bom fabricante.

Para começar a treinar veja nosso artigo Método para o uso do pêndulo.

Aurameter

Aurameter ou aurímetro

Aqui podemos ver o Aurameter, também chamado de Aurímetro. Foi criado por Verne Cameron (1896-1970) originalmente para a prospecção mineral, hoje é utilizado para diversas pesquisas qualitativas envolvendo o campo energético humano. Como o instrumento é equilibrado sobre uma mola é muito fácil que ele se movimente, sendo comum os iniciantes confundirem movimentos aleatórios com respostas. O Aurameter exige uma certa experiência por parte do operador para que os resultados sejam precisos.

Na foto ao acima podemos ver a forma correta de empunhar o instrumento.

Dual Rod

Dual rod radiestesiaEste é o Dualrod, um aparelho muito sensível e com ampla gama de utilizações possíveis, que vão desde a análise de chacras até a detecção de energias telúricas quando se opera diretamente no local, o dualrod é feito com dois tubos ocos nos quais se coloca duas varas em L, desta forma as varas em L tem os seus movimentos livres.

Seus movimentos de abrir e fechar são geralmente interpretados como positivos ou negativos dependendo da programação do operador.

Biotensor

radiestesia biotensor

O moderno Biotensor é um instrumento alemão conhecido por sua fidelidade e a grande versatilidade de uso, podendo substituir todas as varetas usadas na radiestesia com vantagens, uma destas vantagens é que o biotensor permite uma ótima empunhadura, tornando possível trabalhar muito tempo sem cansaço muscular.

Pode ser usado para testes vibracionais direto na pessoa ou  para testes de compatibilidade alimentar, sendo extensamente empregado na Geobiologia estrangeira.

Particularmente preferimos o Biotensor a qualquer outra vareta.

Forquilha

Este instrumento à esquerda é o mais antigo de todos, existindo desenhos de séculos atrás em que o mesmo aparece. Hoje é raro o seu uso nas grandes

Forquilha Radiestesia

cidades, porém, no interior do Brasil este instrumento ainda é o preferido dos poceiros para a localização de água, como pode ser visto nesses vídeos sobre o uso da forquilha em Radiestesia.

A maneira correta de segurar este instrumento está bem indicado nesta foto, as palmas das mãos viradas para cima e os dedões apoiando as pontas da forquilha, a grande diferença entre a forquilha e o pêndulo é que enquanto a forquilha está tensionada o pêndulo parte do estado de repouso.

.

Pêndulo biômetro

Por fim temos à direita um dos gráficos que são usados em conjunto com o pêndulo na prática da radiestesia, trata-se de um gráfico com padrão escalar conhecido como biômetro, utilizado para efetuar medições quantitativas e qualitativas.